Sindifranca e Sete Ambiental fecham parceria para benefício de seus associados

29/10/2021

Sindifranca e Sete Ambiental juntos vão oferecer serviços de gerenciamento de resíduos às indústrias de calçados associadas








Sindifranca e Sete Ambiental fecham parceria para benefício de seus associados

O Sindifranca acaba de fechar uma grande parceria com a empresa Sete Ambiental S/A para o Gerenciamento dos Resíduos Sólidos da Indústria Calçadista de Franca.

Esta parceria beneficiará exclusivamente as empresas associadas ao Sindifranca, com preços muito acessíveis e com toda a segurança e documentação necessárias às empresas. Inclusive, as empresas que adotarem este gerenciamento terão a Certificação de Destinação Final de Resíduos, com uma empresa detentora de ISO 9001 e 14001.

Quer saber mais? Entre em contato com a equipe do Sindifranca e conheça esta solução para o descarte correto dos resíduos da sua empresa:


Luís Gustavo – (16) 98121-1749

Lázaro Reinaldi – (16) 98126-9493

Dra. Thalita – (16) 99268-4745


Ou pelo telefone do Sindifranca: (16) 3712-9400



SOBRE A SETE AMBIENTAL

A Sete Ambiental é uma empresa especializada em gestão, tratamento e disposição final de resíduos, com unidades próprias de tratamento de resíduos Classe I e Classe II. Com ampla experiência, profissionais qualificados e equipamentos modernos atende demandas de pequenos, médios e grandes geradores de resíduos. Possui certificados da ISO 9001 -  gestão de qualidade e ISO 14001 - de gestão ambiental.




NOTÍCIAS SOBRE A QUESTÃO DA OBRIGATORIEDADE DO CADRI EM FRANCA


Como já noticiado antes, o Sindifranca procurou o Ministério Público na tentativa de conseguir mais prazo para as empresas se adequarem ao CADRI, para não terem suas atividades prejudicadas pela exigência do documento no aterro de Franca. Houve uma audiência no dia 13 de outubro, do Ministério Público, representado pelo Promotor Paulo Borges, com Sindifranca e CETESB. Infelizmente, mesmo com todos os argumentos apresentados, a decisão da CETESB se manteve e não haverá prazo estendido para as indústrias adquirirem o CADRI. Mas a CETESB afirmou que auxiliará as empresas, com celeridade nos pedidos para atender a grande demanda que surgiu.

Em outra frente, o Sindifranca entrou com um Mandado de Segurança em 27 de setembro, cuja liminar foi indeferida no dia 29. Então, o Sindifranca ingressou com recurso no TJSP, que acaba de ser julgado em 28 de outubro, mantendo o indeferimento, ou seja, foi negado novamente o pedido de liminar para dilatação do prazo para obtenção do CADRI.

Ainda assim, o Sindifranca continuará seu trabalho de defesa, sempre em prol de seus associados e esperamos que em breve tenhamos outras soluções para apoiar nosso setor calçadista.

Sempre à disposição,

Diretoria e Equipe SINDIFRANCA.