Fimec aponta retomada do setor

16/03/2017

A feira, que está em sua 41ª edição, recebe público do cluster calçadista até quinta-feira, dia 16, nos pavilhões da Fenac

Considerada a única que tem tudo, a Fimec já é apontada por autoridades, expositores e visitantes como uma retomada do setor. “Entendemos que o ano já começou diferente para o setor e que a Fimec está contribuindo de forma significativa para a geração de novos negócios e o fortalecimento dos relacionamentos”, afirma o diretor-presidente da Fenac, Márcio Jung.

Visitantes qualificados com grande poder de decisão já formalizaram negócios no evento, o que é visto como sinal da mudança no cenário por empresas expositoras como a Artecola, que está lançando novidades em produtos, tanto em adesivos, como em laminados (couraças e contrafortes). “Nós focamos em gerar ainda mais competitividade para o cliente, e isso já se refletiu no fechamento de negócios neste primeiro dia da FIMEC”, diz a Diretora Executiva, Lisiane Kunst.

Ações efetivas para gerar novos negócios

Além da exposição de produtos, durante os três dias de Fimec entidades em parceria com a Fenac apresentam ações que visam facilitar o contato entre compradores e vendedores. Entre essas iniciativas estão:

Projeto Comprador Assintecal/Abrameq/Apex-Brasil

As rodadas de negócios dos projetos By Brasil Components and Chemicals e  Brazilian Machinery – ambas ações de promoção às exportações realizadas pela Apex-Brasil em conjunto com as entidades Assintecal e Abrameq receberam no primeiro dia de evento 15 compradores do México, Colômbia, Peru, Bolívia e Equador. Segundo Rafael Berlitz, gerente da Assintecal, as rodadas facilitam o acesso de compradores e vendedores. “Fazemos uma ponte para viabilizar o fechamento de negócios”.

Representando quatro expositores da Fimec, Daniel Simões participa das rodadas para ampliar sua rede de contatos e firmar parcerias. “Sempre consigo fechar negócios na Fimec. Para mim, o Projeto Comprador é um dos melhores eventos, pois traz resultados efetivos”, ressalta o representante. Em sua segunda vez na Fimec, o diretor de desenvolvimento da Calzado Terrano Sebastian Botero Giraldo, vem da Colômbia especialmente para participar do evento. Para ele, a oportunidade de conhecer pessoalmente alguns de seus fornecedores e também fazer novos contatos. “É a segunda vez que venho para a Fimec, e já estou fazendo contatos e devo fechar negócio”.

FF Exchange

Na manhã do segundo dia de evento, quarta-feira, 15, o FF Exchange, iniciativa da Abicalçados em parceria com o CICB, reuniu 15 marcas de calçados e 19 curtumes para uma rodada de negócios no estilo speed dating, com conversas de três minutos em que os fornecedores puderam apresentar seus produtos aos calçadistas.

Participando pela primeira vez da rodada rápida de negócios, Cláudio Marcos Corrêa, do Desenvolvimento de Produto da Jorge Bischoff, destacou que o evento proporcionou ótimos contatos e oportunidades reais de negócios. Apostando na retomada da demanda interna, a empresa irá investir mais em novos produtos e, para isso, será necessário uma gama de fornecedores com materiais diferenciados capazes de suprir as exigências das consumidoras da marca, que não são poucas. “Precisamos inovar sempre, mesmo quando o mercado da moda não está tão bom”, conta Corrêa.

Rodadas de negócios internacionais: CICB/Assintecal

Dentre as ações realizadas pelo CICB, está a Sessão de Negócios Assintecal/CICB: Químicos para couros e curtumes, oportunidade em que profissionais de curtumes de todo o Brasil participaram de rodadas de negócios com indústrias químicas.  A dinâmica da sessão de negócios propôs a rotatividade de apresentações com tempo determinado. Marcos Ioppi Faggion, gerente do curtume Coming, destaca que pôde nesta oportunidade demandar novos artigos aos fornecedores a partir de tendências observadas em recente feira na Europa. “Abordamos especialmente questões e possíveis pedidos relativos a produtos wet White, cuja participação tem crescido no mercado”, informou. Alexandre Sacchelli.

Importadores de países como Rússia, Índia, e Cazaquistão também participaram de uma rodada de negócios durante a tarde da quarta-feira, 15. O objetivo mais uma vez é estreitar laços e aproximar compradores de vendedores durante os dias que transcorrem a Fimec.

Fotos: Elaine Nardes e Alisson Brum/Talenttare

Fonte: Talenttare/Fimec