Doria recebe título de cidadão calçadista

27/09/2017

Agenda do prefeito de São Paulo incluiu visita a uma fábrica de calçados, reunião com calçadistas e palestra para empresários

O prefeito de São Paulo, João Doria, visitou a cidade de Franca na última segunda-feira (25/9), onde foi homenageado pelos empresários com o Título de Cidadania Calçadista. O certificado foi entregue durante a abertura de congresso que reuniu cerca de 1.500 pessoas, no Villa Ventura.  

O título foi instituído por lei municipal em 2013 e desde então é concedido a empresários, autoridades e pessoas que contribuem para o desenvolvimento e divulgação da Cidade do Calçado. De acordo com o presidente do Sindifranca, José Carlos Brigagão do Couto, a homenagem se justifica pela ligação de Dória com o setor calçadista, que data de 1985. “Ele foi o responsável pela mudança da Couromoda do Rio para São Paulo. Na época, durante o governo de Mário Covas, ele era presidente da Paulistur/Anhembi e sua atuação foi decisiva no processo que abriu caminho para que a indústria calçadista de todo o Brasil tivesse uma vitrine de prestígio para se apresentar a lojistas e importadores todos os anos em São Paulo”, lembrou Brigagão. 

Agenda

O prefeito de São Paulo chegou ao aeroporto de Franca por volta de 12h40 e momentos depois de deixar a aeronave foi cercado por jornalistas. Sempre acompanhado pelo presidente da Couromoda, Francisco Santos, Dória concedeu entrevista e tirou fotos antes de seguir para a fábrica de calçados Mariner, no Distrito Industrial, onde era esperado para almoçar por um grupo de trabalhadores.

De acordo com um dos proprietários da indústria, Paulo Roberto Nunes Coelho, a empresa conta atualmente com 620 funcionários e 50 deles foram sorteados para almoçar com o prefeito de São Paulo. No cardápio: peixe com legumes e pudim de leite de sobremesa.

Após a refeição, Doria fez um tour pela empresa para conhecer de perto a produção de calçados. “A indústria calçadista é de mão de obra intensiva, gera muitos empregos e é importante para a economia do Estado. Já a cidade de São Paulo é um de seus maiores mercados consumidores e se beneficia com as feiras que movimentam milhares de dólares com o turismo de negócio”, disse ele. 

Da Mariner, o prefeito seguiu para a sede do Sindifranca (Sindicato da Indústria de Calçados de Franca) onde se reuniu um com grupo de aproximadamente 50 empresários. No discurso, disse que se identificava com eles e que sabia como é difícil ser empresário no Brasil. “É errar e acertar o tempo todo. É ser ousado”, completou. Na oportunidade foi exibido um vídeo sobre a Indicação de Procedência do Calçado de Franca e sobre o polo calçadista.

Às 15h30, Doria abriu o 4º Congresso Empresarial da Acif com palestra para as 1.500 pessoas que lotaram o salão do Villa Ventura.