Desempenho das contratações e exportações de maio ainda preocupam calçadistas

02/07/2019

O saldo CAGED de Maio/2019 foi de -138 vagas, um índice bem mais positivo se comparado ao mesmo mês em 2018 quando tivemos um saldo negativo de -352 vagas. Apesar disso, o emprego na indústria calçadista ainda está "patinando"...







 


























EMPREGO:



O saldo CAGED de Maio/2019 foi de -138 vagas, um índice bem mais positivo se comparado ao mesmo mês em 2018 quando tivemos um saldo negativo de -352 vagas. Apesar disso, o emprego na indústria calçadista ainda está "patinando" já que no total de empregos em 2019 ainda estamos com apenas 18.307 funcionários, 12,9% a menos se comparado com o mês de Maio/18, quando tínhamos 20.677 empregados. A vagas do setor calçadista paulista também apontam queda neste primeiro quadrimestre de 2019: dos 38.911 empregados em Maio/18, hoje o estado de SP possui 34.065 funcionários no setor calçadista, uma queda de 12,5%. Já no cenário calçadista brasileiro, o número total de funcionários do setor vem se mantendo há alguns meses: em Maio/19 apuramos um total de 285.912 empregados, sendo que no mesmo período de 2018, eram 286.346, uma leve queda de 0,15%. Com a redução do consumo de calçados nos últimos meses: das 8 atividades pesquisadas pelo IBGE, 5 registraram queda no volume de vendas em Março/2019, na comparação com Fev/19, com destaque para hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-0,4%), combustíveis e lubrificantes (-0,8%) e tecidos, vestuário e calçados (-2,5%). Os números apontam que a recuperação da economia está perdendo fôlego e isso se reflete nas vagas de emprego da indústria. Uma recuperação mais efetiva das vendas do setor dependerá de uma melhora no cenário econômico, que ainda é afetado pelas incertezas políticas e pela falta das reformas da Previdência e Tributária. 



EXPORTAÇÕES:



O desempenho das exportações de Franca também não anda bem: no mês de Maio/19 exportamos US$ 5,3 milhões, uma queda de 13,3% em relação à Maio/18 quando exportamos US$ 6,1 milhões. No acumulado até Maio/19 exportamos US$ 27,9 milhões contra R$ 30,7 milhões em Maio/18, queda de 9,3%. Os Estados Unidos continua sendo nosso principal importador respondendo por mais de US$ 10,2 milhões de jan a maio de 2019, 13,5% a mais que no mesmo período de 2018. Devido a alterações no acesso a dados por município pelo COMEX STAT, não temos o número de pares exportados para fazer comparação. As exportações brasileiras de calçados ao contrário, tiveram um bom resultado em Maio/2019: Após cair -16,2% em Abril, em Maio o valor exportado foi de US$ 70 milhões, uma alta de 24,7% na relação com o mesmo mês do ano passado. Dados elaborados pela Abicalçados apontam que no mês de maio foram embarcados 7,6 milhões de pares, aumento de 19,1%. No acumulado de 2019, os resultados foram de US$ 415,2 milhões e 51,9 milhões de pares. São Paulo foi o terceiro maior exportador do período. Nos cinco primeiros meses, os paulistas exportaram 3,3 milhões de pares embarcados por US$ 44,2 milhões. 



Confira os dados em nosso relatório NICC Estatística Maio 2019.