Governo de São Paulo lança o projeto Polos de Desenvolvimento

06/08/2019
Polos de Desenvolvimento é um programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do estado de São Paulo para impulsionar a competitividade e a produtividade de setores produtivos já instalados de forma aglomerada no território.
Governo de São Paulo lança o projeto Polos de Desenvolvimento
O que são os Polos de Desenvolvimento?
 
Polos de Desenvolvimento é um programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do estado de São Paulo para impulsionar a competitividade e a produtividade de setores produtivos já instalados de forma aglomerada no território. O programa visa, por meio da integração de políticas públicas e regulamentações para investimento e comércio, melhorar a balança comercial, empregabilidade, geração de empregos, investimentos e a maior efetividade de serviços públicos.
  
Por que desenvolver uma política de desenvolvimento baseada em Polos de Desenvolvimento?
 
O programa pretende corrigir falhas de mercado e atuar em falhas de governo, com a finalidade de otimizar as políticas públicas existentes e impulsionar a atuação do setor privado ao longo de uma cadeia produtiva localizada em um determinado território. Experiências internacionais demonstram a necessidade do estado atuar a partir das potencialidades locais e capacidade instalada. Para mais referências, acesse nosso documento com o referencial teórico.
 
Quais ações estão previstas dentro dos Polos de Desenvolvimento?
 
Os Polos de Desenvolvimento contemplam ações que serão desenvolvidas em seis eixos: Simplificação tributária e regulatória, Financiamento competitivo, P&D e Tech, Qualificação de mão de obra, Infraestrutura e serviços, Ambiente de negócios e desburocratização. O detalhamento das ações será desenvolvido nas próximas semanas.
 
De que forma o estado de São Paulo pretende implementar estas ações?
 
As ações partem de um trabalho consistente de articulação com outras secretarias do Estado de São Paulo, entidades setoriais, associações, sindicatos, universidades, centros de pesquisa e outros atores que contribuem para o desenvolvimento econômico sustentável do estado de São Paulo. Assim, serão construídas soluções integradas visando o crescimento econômico do estado.
 
Microempresas, qualificação profissional, intermediação de mão de obra e fomento à ciência, tecnologia e inovação (Fapesp, IPT, Universidades públicas paulistas).
 
Haverá incentivos fiscais para os polos?
 
O programa Polos de Desenvolvimento não contempla incentivos diretos aos setores produtivos, mas consiste em um programa de simplificação e desburocratização que auxiliará os setores em suas atividades econômicas. Por exemplo, evitando bitributação, simplificando processos de licenciamento e autorizações, incentivando a aproximação entre centro de pesquisa e indústria e oferecendo qualificação profissional alinhada com as vocações regionais, entre diversas outras iniciativas.
 
Para mais informações sobre o programa, acesse a apresentação do programa Polos de Desenvolvimento ou envie um email para polos@sde.sp.gov.br